Sobe número de cidades em alerta por causa da dengue





O número de cidades em situação de risco ou de alerta para dengue e Febre Chikungunya subiu de 650 para 677. O aumento é fruto de uma atualização feita pelo Ministério da Saúde do Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti.

Na primeira versão, divulgada semana passada, haviam sido contabilizados indicadores de 1.463 municípios. Nesta nova versão, foram reunidos dados de um universo maior: agora são 1.524 cidades.

O índice leva em consideração o número de criadouros de mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus, transmissores de dengue e de Febre Chikungunya. São considerados municípios em estado de risco aqueles em que pelo menos 3,9% dos municípios apresentam larvas dos mosquitos.

Aqueles com índice superior a 1% e inferior a 3,9% são considerados municípios em estado de alerta. Abaixo de 1% é considerado em situação ideal. Na atualização, 847 são classificados em situação satisfatória, 552 em situação de alerta e 125, em risco.

O Ministro da Saúde, Arthur Chioro, alertou semana passada para o maior risco enfrentado pela população brasileira nesse verão, por causa da Febre Chikungunya, doença que chegou ao País em setembro e que tem o mesmo mecanismo de transmissão que a dengue.

Sobe número de cidades em alerta por causa da dengue Sobe número de cidades em alerta por causa da dengue Editado por saude.chakalat.net on 06:37 Nota: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.