Campinas firma parceria com exército para conscientizar população sobre a dengue







A prefeitura de Campinas (SP) firmou, nesta semana, parceria com o exército para reforçar o combate a dengue no município. Com a ajuda de cem homens da 11ª Brigada de Infantaria Leve, a expectativa é as ações ajudem a conscientizar a população sobre a eliminação de criadouros do Aedes aegypti na cidade. As atividades devem ser iniciadas já na próxima semana.

O secretário de Saúde, Carmino Antonio de Souza, disse que existem três tipos de ações para serem feitas agora: a conscientização da população, a eliminação de criadouros e a preparação da rede para atender os pacientes. " Temos de preparar os profissionais da rede pública e também da rede privada, para que façam um diagnóstico rápido e preciso. Não podemos perder vidas por conta da doença" , explicou.

Até agora, sete casos de dengue foram confirmados este ano. " Nossa maior preocupação é que algumas medidas preventivas que deveriam ter sido tomadas no ano anterior não foram feitas. Além disso, temos um novo tipo de sorologia, a dengue tipo 4, e o desligamento dos profissionais contratados pelo Serviço de Saúde Dr. Cândido Ferreira. Temos que olhar para a frente e ver como podemos resolver essas questões" , disse o prefeito Jonas Donizette.

Segundo o general Tomás Miguel Miné Ribeiro Paiva, os militares receberão treinamento e apoio logístico da prefeitura e também vão oferecer cinco caminhões para a remoção de lixos e entulhos, propícios para a proliferação do mosquito.

O prefeito apontou que, fora a ajuda do exército, já solicitou agilidade na contratação de 123 funcionários públicos aprovados para atuarem como ajudantes de controle ambiental e 39 para atuarem como supervisores de campo. " Também vamos propor que a Secretaria de Educação faça uma parceria com a Saúde para que o assunto da dengue seja tratado nas escolas com as crianças já no início do ano letivo. Sabemos que elas são um importante veículo para levar informação para as famílias" .

Dengue Tipo 4

De acordo com a diretora do Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa), Brigina Kemp, o vírus tipo 4 não é mais perigoso. " O problema é que uma pessoa que era imune a algum outro tipo de dengue é suscetível a esse vírus. E se uma pessoa pega a doença pela segunda vez, exige mais cuidados" , disse.

Campinas firma parceria com exército para conscientizar população sobre a dengue Campinas firma parceria com exército para conscientizar população sobre a dengue Editado por saude.chakalat.net on 09:56 Nota: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.