O que andamos falando


Dengue matou 137 pessoas no Rio em 2011, diz balanço




O mosquito <i>Aedes aegypti </i>, que se desenvolve em água parada, é o responsável por transmitir a dengue

O mosquito Aedes aegypti , que se desenvolve em água parada, é o responsável por transmitir a dengue (AFP)

A dengue matou 137 pessoas no estado do Rio de Janeiro neste ano, segundo balanço atualizado até 10 de dezembro e divulgado ontem pelo governo. A cidade com maior número de casos é o Rio (51 mortes), seguido por São Gonçalo (16), na região metropolitana, Duque de Caxias (9) e Nova Iguaçu (8), na Baixada Fluminense. Na capital já foram registrados 74.232 casos da doença, a maioria deles na região de Campo Grande (zona oeste), onde ocorreram cerca de 14.000 casos.

Em todo o estado houve 165.794 registros de dengue em 2011. O número mensal de casos cresceu de janeiro a abril, caiu de maio a setembro e voltou a crescer a partir de outubro. O recorde foi registrado em abril, com 52.929 casos.

Para o prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB), a situação da cidade é mais grave do que a anunciada pelo Ministério da Saúde na semana passada. Segundo o governo federal, o Rio está em alerta de epidemia. "Acho que o Rio deve ser classificado como cidade de alto risco de epidemia, e a população deve estar informada sobre isso", disse o prefeito.

Na primeira semana de dezembro foram notificados 173 casos de dengue no município. "Os números de dezembro estão baixos em comparação com a média anual, mas é o esperado para essa época do ano. Os meses de pico são março, abril e maio. Se cuidarmos agora, não haverá epidemia", afirmou Paes.


Nos Siga nas Redes Sociais: Twitter, Facebook, Instagram, Youtube . Adicione no grupo do Whatsapp

Deixe seu comentário e nos marque(@Sua Saúde) pra gente ver:

Nenhum comentário