Fumacê volta ao Rio para combater mosquito causador da dengue






O fumacê deve voltar a atuar no Rio a partir de setembro com o objetivo de combater os focos do mosquito Aedes aegypti, causador da dengue. Para que o serviço, que há 15 anos só é utilizado em caso de epidemia, volte a ser empregado, é necessário que o Ministerio da Saúde divulgue uma nota técnica, que vai justificar a reutilização do fumacê, como também, a maneira que ele será utilizado. 

Os casos de dengue registrados entre os meses de janeiro e julho de 2010 aumentou significativamente, totalizando 22.600 vítimas, o que representa mais infectados do que todo o ano passado, quando 12.320 pessoas tiveram o diagnóstico da doença.

O número de óbitos também aumentou neste ano. Até o último mês de julho, 33 mortes foram confirmadas, enquanto que apenas 14 foram registradas durante 2009. Além desse fator, outra situação é preocupante. Dos 73% dos municípios que fizeram a pesquisa sobre o índice de infestação do mosquito da dengue, 46% estão em estado de alerta para um possível surto da dengue. O aumento dos índices foi um dos fatores que trouxe de volta a atuação do fumacê no estado do Rio.

São João da Barra, Italva, Tanguá e Carapebus estrapolaram no índice de ocorrência da doença. Já no município do Rio a situação não é tão grave, porém, algumas regiões apresentam alto risco de surto, como o Humaitá e o Complexo do Alemão.
Fumacê volta ao Rio para combater mosquito causador da dengue Fumacê volta ao Rio para combater mosquito causador da dengue Editado por Dani Souto on 08:42 Nota: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.