Forças Armadas trabalharão no combate à dengue no DF





O secretário de Saúde do Distrito Federal, Joaquim Barros Neto,
reuniu-se nesta terça-feira com representantes do Ministério da Defesa
para pedir agilidade no envio dos militares que auxiliarão na campanha
de combate à dengue. Serão mais de 200 militares das Forças Armadas
que atuarão como agentes no combate à epidemia da doença no Distrito
Federal.

Na reunião, ficou acertado que militares da Marinha, do Exército e da
Aeronáutica receberão treinamento e atuarão como agentes em todas as
cidades satélites do DF. "Eles vão atuar como agentes, com treinamento
de combate e destruição de focos dos mosquito Aedes aegipty, além de
esclarecer e orientar a população no controle da dengue¿, disse.
Segundo o secretário, está sendo montado um forte esquema para
combater e prevenir a doença. Além dos militares, a secretaria de
saúde está recrutando pessoas de outras áreas para ajudar no trabalho.

O Serviço de Limpeza Urbana (SLU) disponibilizou 250 homens. Um grupo
de jovens evangélicos também trabalhará na campanha de combate à
doença. "Todas estas pessoas serão treinadas para orientar a população
sobre os cuidados. Mas o principal agente é a própria população que
não deve deixar água acumulada."
Foram registrados até o momento mais de 1,4 mil casos da doença no
Distrito Federal.

Forças Armadas trabalharão no combate à dengue no DF Forças Armadas trabalharão no combate à dengue no DF Editado por Dani Souto on 05:27 Nota: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.